Meu caos é cais

“Um caos lindamente ordenado”
Dizia um Velho Senhor em um filme enquanto mostrava para a jovem seu jardim. Ah, eu entendi.
As vezes, muitas coisas florescem na nossa vida ao mesmo tempo e parece que temos muito para fazer, que são muitos dons e não sabemos para onde correr, mas fiquei tranquilo: Nós temos o jardineiro que deixa o nosso caos lindamente ordenado.
Eu sempre fiquei meio perdida porque gostava de fazer mil coisas ao mesmo tempo, entre cantar, escrever, estudar, movimentos sociais, desenhos, pra onde eu vou? Eu entendi que meu caos é cais.
Tudo isso que pra mim, muitas vezes, parece uma bagunça por dentro é segurança pra minha vida: porque é o lugar onde devo estar. É óbvio que as vezes crescem juntas plantas que não deveriam, e que aquela muda ficaria melhor naquele outro lugar, mas eu já avisei para o jardineiro ( e deixo um lembrete todos os dias ) para que Ele arrume da forma que Ele quer.
Eu sei que algumas vezes, terei que pegar o alto mar: escolher apenas um e viajar e mergulhar naquilo. Mas fato é fato: eu sempre volto para o cais. O caos tá la, ele é meu, eu não entendia porque ele existia, mas hoje eu entendo: ele me faz quem sou, quando lindamente ordenado.
A questão é fazer algo com o que temos. Você não precisa fazer esforço para destruir um jardim: é só não mexer nele. Mas para conseguir diversidade de flores, aromas, cores, para conseguir um ambiente leve e de paz você gasta tempo. Você rega as sementes todos os dias, você tira o que não pode ficar, você planta novas coisas. E então, um dia, você olha da janela e percebe que o trabalho que desempenhou está surtindo efeito. As vezes, quando você está no jardim você até pode achar que tá bagunçando – são muitas flores, muitos cheiros, muito tudo- mas se você olha da janela você entende: está lindamente ordenado.
Eu já desisti de fugir do caos a muito tempo, mas eu também não me deixo de lado. O jardineiro me ensina todo dia, a cuidar de mim mesma, para que floresça da forma que tem que florescer. Não fuja do caos, mas transforme seu caos em cais – permita que o jardineiro troque o que precisa ser trocado, plante o que precisa ser plantado, regue o que precisa ser regado e colha o que precisa ser colhido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s